Mini Mesa Festa infantil Auguri Auguri - bicicleta - capa

Mini Mesas: 5 dicas para você criar na medida certa para sua festa

Na contramão das maxi mesas com totens e várias extensões, a nova tendência das mesas de festa são as mini, principalmente quando trata-se de uma reunião mais íntima, um “petit comité”. Elas têm um tamanho menor, mas esbanjam criatividade e doçura. Não perdem em nada para as grandiosas produções que já fiz e adoro. Porém, como o momento do país é de recessão e os espaços (playgrounds, salões etc) estão cada vez menores, as mesas precisam ser adequadas e proporcionais às novas realidades.

Claro que a 2ª maior atração da festa (a 1ª é o aniversariante, certo?!) não pode deixar de ter bolo, doces e muito charme. Separei algumas dicas que cito nos meus cursos de decoração, para vocês criarem na medida certa 😉

5 dicas: Mini Mesas para Festa Infantis

  1. Utilize uma mesa sua: caso faça uma festa no térreo de seu prédio ou em um local que possa levar, que tal usar algo com a cara da sua casa? Além de original, deixa a produção com ar aconchegante e intimista. Vale uma mesa de centro, um rack, uma penteadeira, redonda, quadrada, com cavaletes… Apenas use a sua criatividade e terá um resultado inusitado e lindo.
  2.  Escolha bem o local da mesa: Não necessariamente “onde todo mundo coloca” é o melhor local. Observe onde tem um fluxo não tão intenso de pessoas ao mesmo tempo (como perto das brincadeiras ou da música), mas um local com boa luz e com aspecto que naturalmente criativo. Esse efeito você consegue perceber nas festas “Picnic” e “Floresta”.
  3. Dê novas funções a “velhas” coisas: sim, vou repetir sempre: criatividade é a chave do negócio. E não precisa gastar vários dígitos pra ser criativo. Na mesa “Arco-Íris” usei copos de ponta a cabeça como porta brigadeiros. Fofo, não? Na mesa “Bicicleta”, um painel menor que não cobre todo o fundo da mesa, deu um toque único e tridimensional. Nessa mesa, também, coloquei talheres de madeira na frente como um detalhe junto com carretéis. Deu uma “bossa”. Gostaram?
  4. Transformar é preciso: além de novas utilidades, podemos transformar objetos para nossas composições. Na mesa “Dinos” eu pintei cada boneco de rosa! Tinta a base d’água e um pincel foram suficientes para deixar os dinossauros femininos e elegantes para essa festa. Na mesa “Óreo”, substituí o bolo por uma torre de biscoitos. As flores deram um contraste e um plus nessa montagem.
  5. Menos é mais: festa tem que ter doces, brigadeiro, bolo, balão. Claro que não precisa de TODOS os itens para ser perfeita, mas tem que agradar, principalmente, ao aniversariante. Eu normalmente opto por bolo, brigadeiros, e um ou dois doces personalizados. Biscoitos no tema são uma grande sacada. Suspiros, pirulitos, tudo colore e adoça ainda mais. Ou dão um toque de sal, como na mesa “Pipocas”! Mas procure um equilíbrio para que sua mini mesa não fique com informações demais. Na produção “Praça” usei um bolo com pintura à mão, e deixei os demais doces com um colorido bem vivo, mas uniforme com o restante da mesa.

 

_____________________________________________________________________

Kika Duarte é decoradora, sócia da Auguri Festas e já  ministrou cursos de decoração e gestão para mais de 7.000 alunos em todo o Brasil além de outros países como Argentina, Chile e Equador.

Confira mais dicas no curso online Tudo sobre Festas Infantis, que inclui o passo a passo da montagem de diversas mesas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>